Guia de uso consciente de moto aquática.

Tenha sempre em mente: VOCÊ É RESPONSÁVEL pela sua segurança e também dos passageiros e banhistas que estejam próximos.
Observe atentamente às recomendações abaixo e garanta a diversão com segurança para todos

 

  • 1Só pilote se estiver legalmente habilitado

    Tal como um automóvel, a condução de uma moto aquática requer uma habilitação específica. Para quem já possui habilitação náutica como arrais amador, mestre ou capitão, será necessário cumprir os mesmos requisitos quando da renovação de sua documentação.

    A nova regra, válida a partir de 02 de julho de 2012, exige que cada condutor obtenha a habilitação de motonauta,com um mínimo de quatro horas de aulas práticas comprovadas. Lembre-se que somente a Marinha do Brasil possui atribuição legal de conceder a Carteira de Habilitação de Amador.

  • 2Obedeça a todas as Legislações

    Conheça as normas vigentes NORMAM-03/DPC e RIPEAM, que podem ser obtidas no site www.dpc.mar.mil.br. Ou envie um e-mail para: secom@dpc.mar.mil.br. As motos aquáticas devem estar inscritas nas Capitanias, Delegacias ou Agências da Marinha do Brasil. Os condutores devem possuir idade mínima de 18 anos e ser habilitados conforme previsto na NORMAM-03/DPC, com no mínimo de 3 horas de aulas práticas.

  • 3Use roupas protetoras

    Trajes normais de banho não oferecem a proteção adequada contra fortes jatos de água como, por exemplo, os da saída da turbina. Recomenda-se usar shorts sobre o traje de banho para proteção. Além disso, é recomendado usar calçados, luvas, óculos de proteção e capacete.

  • 4Use colete Salva-Vidas

    Todos os ocupantes devem utilizar coletes salva-vidas classe “V” ou superior, homologados pela Marinha do Brasil.

  • 5Prenda o cordão de segurança

    Prenda o cordão de segurança ao pulso, colete salva-vidas ou qualquer outra parte do condutor. Mantenha-o livre de interferências do guidão. Desta forma, o motor é desligado caso o condutor caia na água.

  • 6Pilote dentro de seus limites, evite manobras agressivas

    Reduza o risco de perda de controle, queda e colisão. A moto aquática é um equipamento de alta performance e não um brinquedo.

  • 7Não desacelere para desviar de objetos

    A melhor forma para desviar de obstáculos é acelerar,de forma que o propulsor empurre o jet para outra direção. Lembre-se que, excetuando alguns modelos específicos, motos aquáticas e outras embarcações não possuem freios. Modelos equipados com o sistema O.P.A.S. utilizam direcionadores laterais que auxiliam o deslocamento quando o acelerador é solto ou o motor desligado.

  • 8Não pule marolas de barcos ou ondas

    Este tipo de manobra aumenta o risco de lesões severas na coluna (paralisia), lesões faciais, fraturas nas pernas,nos tornozelos ou outras partes do corpo.

  • 9Nunca acelere se houver alguém atrás da moto aquática

    Desligue o motor ou mantenha-o em marcha lenta. A água e o cascalho lançados pela turbina podem causar sérios ferimentos.

  • 10Mantenha distância da grade de captação da turbina

    Cabelos longos, camisetas, tiras do colete salva-vidas ou outros ítens podem ser sugados e embaraçar nas partes móveis da turbina (hélices, etc.), causando sérios danos ou afogamento.

  • 11Informe-se sobre as particularidades de sua região

    Procure se informar sobre a previsão meteorológica da região e as condições e horários das marés.

  • 12Respeite as áreas de segurança previstas na NORMAM-03/DPC

    Em especial as áreas adjacentes às praias e as reservadas para banhistas.

  • 13Carona somente atrás do condutor

    Para que não interfira na condução da moto aquática.

PARA UMA PILOTAGEM MAIS SEGURA PILOTE DEFENSIVAMENTE:

ATENÇÃO: Colisões com outras embarcações, pessoas ou objetos resultam em mais DANOS PESSOAIS E MORTES do que qualquer outro tipo de acidente envolvendo motos aquáticas.

  • Mantenha distância segura de pessoas, além do limite de 200 metros das praias, objetos e outras embarcações.
  • Lembre-se que a moto aquática é difícil de ser avistada em certas condições. Mantenha-se visível!
  • Pilote sempre em velocidade segura.
  • Não siga de perto outras embarcações ou motos aquáticas.
  • Evite curvas fechadas ou outras manobras que outras pessoas tenham dificuldade de desviar ou entender o que você pretende.
  • Não se aproxime das pessoas para molhá-las.
  • Evite águas com objetos submersos ou rasas.

Você É RESPONSÁVEL pela segurança dos passageiros e banhistas que estejam próximos.